Quem ganhou seu coração? - perguntou Malena, de apenas 8 anos. Olhei para ela, sorri e perguntei:
— Você quer mesmo saber?
Ela fechou os olhos rapidamente, os abriu e disse:
— Sim, eu quero saber.
A coloquei em meu colo e apontei para o céu. Ela sem entender franziu as sobrancelhas, e então expliquei:
— Quem ganhou meu coração tem um sorriso muito bonito. Olhos que brilham mais do que qualquer estrela. Uma voz tão doce, mais tão doce, assim, como a sua. Um abraço que cura qualquer dorzinha que surja aqui dentro do meu coração. Ele é mais bonito do que qualquer outra pessoa, e me ama demais. E quer saber mais? A casa dele é lá no céu.
Malena olhou para o céu durante alguns segundos tentando compreender de quem eu estava falando. Ela se virou para mim e perguntou:
— Você está falando de Jesus? Ele ganhou seu coração?
A abracei apertado e disse:
— Ele mesmo!
Ela pensou novamente. O semblante de confusão no rosto daquela criança de apenas 8 anos se transformou em um sorriso largo. Ela havia entendido.

Laureane Antunes, uma conversa com Malena. (via deus-e-poeta)

Por favor, não me analise. Não fique procurando cada ponto fraco meu. Se ninguém resiste a uma análise profunda, quanto mais eu… Ciumento, exigente, inseguro, carente. Todo cheio de marcas que a vida deixou. Vejo em cada grito de exigência. Um pedido de carência, um pedido de amor. Amor é síntese. É uma integração de dados. Não há que tirar nem pôr. Não me corte em fatias. Ninguém consegue abraçar um pedaço. Me envolva todo em seus braços. E eu serei o perfeito amor.

Mario Quintana. (via porvir)